O QUE SÃO OS INDICADORES DE LIQUIDEZ?

<![CDATA[Você sabe a importância dos indicadores de liquidez para gestão da sua empresa? Caso a resposta seja negativa, não se preocupe. 
Preparamos este artigo com todas as informações necessárias sobre os indicadores de liquidez, essenciais para você administrar o seu negócio com segurança e eficiência.

O que são os indicadores de liquidez? 

Primeiro, vamos iniciar explicando o termo “liquidez”, que basicamente significa o ativo que pode ser transformado em dinheiro, sem perder o seu valor. 
Dentro do ramo empresarial, o ativo é usado para manter a resistência do negócio e criar ou manter uma proteção patrimonial. Entretanto, quando falamos dos ativos englobando a área de investimentos, eles passam a significar ações ou títulos públicos.
Neste cenário, podemos comparar os indicadores de liquidez com os índices financeiros, que são utilizados para analisar a situação financeira de uma empresa, ou seja, a capacidade monetária que ela possui para cumprir com as obrigações e com os seus créditos. 
É por isso que afirmamos que os índices de liquidez são primordiais para o acompanhamento da saúde financeira da empresa. Assim, quando o fluxo de caixa de um negócio é bem administrado, por exemplo, dizemos que a empresa possui alto grau de liquidez.
Leia, também:

Quais são os indicadores de liquidez? 

A equipe de contabilidade de qualquer empresa utiliza 4 tipos de indicadores de liquidez para se organizar nas atividades da área. 
Podemos adiantar que a diferença entre cada um deles é o modelo de prazo e a capacidade de pagamento. A liquidez imediata, por exemplo, está relacionada a todas as obrigações da empresa a curtíssimo prazo. A liquidez corrente e seca, a curto prazo. Já a liquidez geral engloba as obrigações de longo prazo.
Quer se aprofundar ainda mais em cada tipo de indicador de liquidez? Veja a seguir: 

  • Liquidez Corrente: conhecida também como liquidez comum, esse indicador significa qual é a capacidade da empresa de arcar com os seus compromissos de curto prazo, ou seja, dentro dos próximos 12 meses. Ele representa a saúde do caixa, já que abarca a maioria dos pagamentos da folha. 

A fórmula para calcular esse indicador é Liquidez Corrente = Ativo Circulante / Passivo Circulante. 

Os circulantes da empresa são os de curto prazo, e os passivos circulantes envolvem os impostos, empréstimos, fornecedores etc; 

  • Liquidez Seca: é igual à liquidez corrente. A única diferença é que nesse indicador, o estoque não é computado no cálculo como ativo circulante. Isso ocorre, porque nem sempre o estoque representa um ativo associado ao patrimônio da empresa. 

Dessa forma, a liquidez seca informa o valor real da liquidez do ativo circulante, independentemente se algum bem do estoque foi vendido ou utilizado. 

O cálculo utilizado para acompanhar esse indicador é Liquidez Seca = (Ativo Circulante – Estoque) / Passivo Circulante; 

  • Liquidez Imediata: este índice indica todos os montantes capazes de ser transformados, em algum momento, em dinheiro para a empresa. São eles: contas bancárias, alguns investimentos e o caixa do negócio, por exemplo. 

Ele representa, ainda, a capacidade da empresa de lidar com situações emergenciais envolvendo o seu financeiro, por estar relacionada a prazos curtíssimos, em até 90 dias. 

Se a sua empresa possui uma boa liquidez imediata, isso significa que ela está preparada para qualquer tipo de imprevisto financeiro. 

A forma a ser conduzida para compreender esse indicador é Liquidez Imediata = Ativos Disponíveis Imediatamente / Passivo Circulante; 

  • Liquidez Geral: este indicador está relacionado a todos os ativos da empresa, incluindo até os de longo prazo, que são acima de 1 ano.  Utilizando continuamente este índice, o gestor responsável pela empresa conseguirá definir planos para financiamento de outros projetos futuros.

A fórmula para calcular os ativos e passivos é Liquidez Geral = (Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo) / (Passivo Circulante + Não Circulante); 

Conhecer os indicadores é importante para a tomada de decisões sobre os novos caminhos que o negócio irá percorrer. Mas, tão importante quanto conhecer e aplicar os indicadores corretos de liquidez é ter a segurança que a parte contábil da empresa está em ordem.
A parceria com uma contabilidade que presta assessoria especializada, como nós da Gaffa Contabilidade, em todos os segmentos – fiscal, trabalhista, legal e contábil é capaz de proporcionar a tranquilidade e segurança que você precisa para gerir seu negócio.
Tem uma pequena empresa, está pensando em um novo negócio ou procura por uma contabilidade experiente e comprometida com a qualidade dos serviços e a tranquilidade dos clientes?  Te convido a conhecer nossos serviços, basta entrar em contato clicando aqui.]]>

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Print
Email